away you
Que a gente continue a ter vontade, verdade, saudade. Que a gente continue a lutar, amar, se entregar. Que a gente aprenda a não desistir, enfraquecer e se queixar. Que a gente perceba que a poesia embeleza a vida, a alma e os olhos. Que a gente embale os versos, as frases e os sonhos.
Clarissa Corrêa.  (via esclarecer)

(Fonte: inverbos)

É claro que os sentimentos mudam. As pessoas fazem com que isso aconteça.
Querido John.    (via esclarecer)

(Fonte: antigapoetisa)

A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas? Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar. As vezes esse alguém aparece, outras vezes, não.
Caio Fernando Abreu.  (via esclarecer, versossoltos)
Beleza não vale nada e depois não dura. Você nem sabe a sorte que tem de ser feio. Assim quando alguém simpatiza contigo, já sabe que é por outra razão.
Charles Bukowski  (via esclarecer)

(Fonte: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

Sou daquele tipo que mantém a pose, que evita explicações por medo ou simplesmente por preguiça de voltar em um assunto tão retrô. Eu não curto muito essas indecisões, gosto das coisas na hora, sem demora por favor. Vem logo, vai me deixar plantada a espera de um amor? Mas fica, entende meu jeito, meus defeitos, me entende, não precisa me ler, nem me interpretar, mas ri comigo, dá pra reparar que estou toda desajeitada? Cara, você me desconcerta, mas eu sei que a gente se entende, se ajeita e no fim, você me completa.
 Clara Brandão.  (via esclarecer)

(Fonte: teleportear)

Preciso admitir, sou muito irônica, e grossa as vezes, um pouco meiga de vez em quando. Gosto do meu lado apaixonada, mas quase nunca aparece. E meu lado safado chega a me assustar. Protetora e ciumenta ao extremo. Tenho um gênio difícil e um temperamento forte. As vezes sou barraqueira, outras, calma até demais. Dura como uma pedra e frágil como um vidro. Um poço de orgulho, e mais conhecida como a rainha do drama, essa sou eu. E sabe o que mais me assusta? Ainda tem gente que gosta.
Tati Bernardi. (via esclarecer)

(Fonte: maisanichole)